quarta-feira , 14 novembro 2018
Início > Notícias > Movimento denuncia fazendeiro suspeito de desviar o Rio Traíras para criação de peixes para pesca recreativa

Movimento denuncia fazendeiro suspeito de desviar o Rio Traíras para criação de peixes para pesca recreativa

Um grupo de amigos de Claro dos Poções, desvinculados de patrocínios e de partidos políticos, protocolou denúncia no Ministério Público em Montes Claros na tarde de quinta-feira, 18 de outubro, contra fazendeiro suspeito de desviar, há anos, todo o leito do Ribeirão Traíras para sua propriedade.

O desvio do leito do rio serve para abastecer 11 tanques em sua propriedade, ocupando área de mais de 10 hectares.

De acordo com moradores ribeirinhos, o único objetivo do desvio do leito do rio seria para dar suporte à criação de peixes. Os moradores contam, ainda, que os peixes servem apenas para pesca recreativa esporádica. Não é e nunca foi utilizado como fonte de renda para o fazendeiro, que é empresário num ramo diverso da piscicultura. Até mesmo a água utilizada na propriedade para consumo humano vem de outra fonte.

Estes vídeos mostram toda a pouca água do rio saindo do seu curso normal e seguindo num rego para os tanques.

Tanque para pesca recreativa

Equipe do Movimento Rio Vive

Rony Cardoso, Marcos Avelino, Alisson Fonseca, Cote Alvarenga e Renato Duarte

Leia também

Vista da comunidade de Boa Sorte

Comunidade de Boa Sorte rodeada pela natureza verde

Deixe uma resposta