segunda-feira , 18 junho 2018
Início > Colunistas > Credo do professor

Credo do professor

Creio no professor
que nunca foi todo poderoso
Recriador do papel de pai e mãe aqui na terra
e em sua formação humana
única tábua de salvação;
Que foi concebida
pelo descaso das autoridades
E do Sistema Educacional deste país.
Nasceu da crença e do idealismo
Padeceu sob os poderes ditadores do Estado
Foi crucificado pela evasão
E pelo baixo rendimento,
Morto pelo salário de fome
E sepultado pela indiferença e pela ausência
de políticas educativas e salariais justas.
Desceu da mansão do status
Ressuscita todos os dias
a tênue esperança que ainda resta,
Sobe aos céus
porque só Deus escuta seus lamentos.
Não está sentado à direita
porque a direita é opressora.
Está sentado à esquerda
porque é marginalizado.
Donde há de ressurgir das cinzas
Para formar, com eficácia
os homens do nosso tempo.
Creio no bom senso do Estado,
Na Santa União da classe,
No compromisso da família
Na ação consciente de cada um,
Na ressurreição da auto-estima
Na Vida Plena
Amém.

Fábio Gonçalves – escritor e professor
binhogon@ig.com.br – Água Boa

Leia também

Aos meus sabiás, com amor…

A adolescência pode ser a melhor ou a pior parte da vida de um ser ...

Deixe uma resposta