sábado , 18 setembro 2021
Início > Colunistas > A importância da Educação a Distância no Brasil

A importância da Educação a Distância no Brasil

A Educação a Distância (EaD), numa definição lacônica, é a modalidade de ensino na qual professor e aluno estão em locais diferentes. Sua origem remete às cartas escritas pelo apóstolo Paulo e escolhidas para compor o Livro Sagrado dos cristãos. No Brasil, seu início se deu com a criação de um curso profissionalizante por correspondência, para datilógrafo, ainda em 1904.

A EaD, portanto, não é um modelo de ensino-aprendizagem novo, embora, recentemente, tem se apresentado dessa maneira. Isso porque, com a popularização da internet e, principalmente, das plataformas de vídeo, o acesso à informação a distância chegou a mais pessoas.

No Brasil, a EaD ganha ainda mais importância quando a modalidade de educação passa a ser reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e também em virtude de programas como o ProUni, que oferece bolsas de estudos também para cursos a distância. Outro ponto importante: os diplomas fornecidos aos graduados têm a mesma validade dos obtidos através dos cursos presenciais ou semipresenciais. 

Corroborando nesse viés, ressalta-se que o preço de um curso a distância chega ser 60% mais barato do que um presencial. Além do preço, é importante lembrar da quase total ausência de barreiras geográficas da EaD, dependente – na maioria das vezes – das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs).

Entretanto, mesmo em crescimento, apenas 44% das pessoas optariam pela modalidade EaD. 56% ainda preferem o modelo presencial. É o que aponta pesquisa de 2018, da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES). Numa ótica otimista, o resultado dessa pesquisa pode ser comemorado, considerando que, em 2013, o censo da educação superior indicava que a educação tradicional detinha 84,2% das matrículas.

Com seus prós e contras, a EaD é uma realidade cada vez mais próxima do brasileiro; na perspectiva de muitos educadores, um caminho sem volta. Políticas voltadas para a educação seriam capazes de mudar a realidade do ensino no Brasil e fazer chegar o ensino superior a todos os rincões tupiniquins.

Deixe um comentário